© 2019 por Conferência Carioca de Yoga

PALESTRANTES

Adriana Camargo

Adriana Camargo é professora de Educação Física e Yoga e ex-atleta maratonista e colunista convidada do GloboEsporte.com / Euatleta

A conexão entre Adriana  e o yoga começou há mais de duas décadas. Na época, ela atuava como publicitária e fez as primeiras aulas por indicação de um amigo, pensando em melhorar sua performance nas maratonas que disputava. 

A publicitária sempre manteve uma vida intensa ligada à atividade física: corria 21km por dia, intercalava aulas de ginástica e musculação e disputou cinco maratonas, tendo tirado segundo lugar em sua categoria em uma delas.

Mas, ao experimentar uma aula de Ashtanga, Adriana se identificou tanto, que ele foi tomando o lugar das outras práticas e acabou ganhando um espaço imenso em sua vida.

E não parou por aí: a paixão e a identificação com o Yoga foram tão intensas, que Adriana resolveu mudar de profissão e fazer a formação profissional em Yoga. Como, pelo seu histórico, ela sentia a necessidade de uma formação mais abrangente e ainda não havia ainda uma graduação tão específica nessa época no Brasil, ela decidiu cursar Educação Física e, paralelamente, começou a se inscrever em diversos cursos com os mais renomados profissionais da área: 

  •  Reiki I, com Regina Helena Gomez;

  •  Instrutora de Yoga, com Maurício Wolff e Cathia Karin Heuser, Mangalam Yogashala;

  • Mantra Yoga Meditação - Swami Guru Devanand Saraswati Ji Maharaj;

  • Retiro Ashram Vrajabhumi, com Paula Saboya e Edson Charles;

  • Prática de Asthaga Yoga, com Pedro Kupfer;

  • Cursos de treinamento com Pedro Ivo Cossenza;

  • Além de diversos outros cursos de aperfeiçoamento como personal trainer e biomecânica.)

Desde a primeira aula, são mais de 20 anos de cursos, retiros e trocas de experiências que mudaram a vida dela e dos alunos e amigos que conheceram o Yoga com ela.

“O Yoga meu deu um empoderamento muito grande e chegou um momento em que eu não cabia mais só naquele pedaço que ocupava antes. Precisava compartilhar com outras pessoas a minha forma de lidar com a prática. E foi assim que veio amadurecendo até hoje um tipo de prática muito particular meu, que une meditação e a intensidade que vivi como esportista”.